Queremos diferente

As opções de entretenimento são infinitas, basta ter imaginação. Desde a tradicional banda a leituras de Tarot… porque não uma aula de dança ou por todos a saltar num trampolim gigante? Pensem naquilo que gostam de fazer juntos e partam daí.

Posted in Uncategorized

Que música vai passar?

Um bom DJ vai perceber os convidados e adaptar as escolhas musicais ao público que tem à sua frente. No entanto, se há músicas que não podem mesmo faltar, façam uma lista com antecedência para lhe entregar, assim ele vai perceber também qual é a vossa onda.

Então e as crianças?

Dependendo do tipo de festa que pretendem, têm 4 opções: 1) recebê-las de braços abertos; 2) optar por um casamento só para adultos; 3) incluir apenas crianças da família chegada; 4) contratar um serviço para entreter e tomar conta dos pequeninos, habitualmente numa sala à parte.

Posted in Uncategorized

Contar com recusas

Não é uma regra, mas contem que cerca de 30% das pessoas que convidarem não estejam presentes. Isto vai sempre depender do local do casamento, do número de convidados que são de fora e da altura do ano, já que pode coincidir com férias já marcadas.

Posted in Uncategorized

Dêem-nos uma resposta, please!

Dêem aos vossos convidados pelo menos 15 dias entre a entrega do convite e o prazo para resposta. Enviar juntamente com o convite um envelope com selo ou permitir respostas via e-mail pode ajudar a ter respostas mais céleres.

Uma semana antes de confirmar números finais de convidados aos fornecedores, liguem para quem ainda está em dúvida (esta é a altura para pedir ajuda à madrinha ou outro familiar/amigo).

Quem me acompanhará ao altar?

Tradicionalmente é o pai que acompanha a noiva, mas qualquer pessoa que seja significativa a pode levar: mãe, irmão, irmã, padrasto, até pode ir sozinha ou ter duas pessoas a acompanhá-la. O mais importante é não ser uma decisão de última hora e manter um diálogo honesto com a família para que não haja surpresas.

Posted in Uncategorized

As melhores fotos

Se o que não pode faltar são fotos dos noivos dignas de revista, pode ser boa ideia marcarem a cerimónia de forma a estarem disponíveis para aquele momento a que os fotógrafos chamam “Golden hour”. Descubram a que horas o sol se põe nessa altura do ano e aproveitem a luz maravilhosa.